Cisto de aracnóide

** Por Maramelia Miranda (Atualização em Junho de 2018).

Calma. Muita calma.

Você pegou seu exame de tomografia ou ressonância magnética, abriu e leu o laudo, assustando-se com a presença de um cisto de aracnóide. E sem perguntar ao médico que o solicitou, já veio procurar na Internet o que é isso?! Se conseguiu cair aqui na nossa página durante sua busca, parabéns! Informação confiável em Neurologia, de forma prática e inteligente.

Muito bem. Para começar, vou te falar como costumo dizer aos meus pacientes: Muitíssimo provavelmente você (ou seu familiar portador do tal cisto) irá morrer de outra coisa, e morrerá com este cisto de aracnóide, mas definitivamente, do cisto, querido (a), não vai morrer!!!!! 🙂

O cisto de aracnóide, ou cisto aracnóide, é uma coleção de líquido cefalorraquiano (líquido que está presente dentro do nosso cérebro), que, por algum defeito na formação, ainda na fase fetal, ficou loculado, represado entre as membranas que revestem o cérebro. Seria o mesmo que, por exemplo, a pessoa nascer com um sinal de pele. Só que neste caso ela nasceu com um cisto no cérebro. Os locais mais frequentes de cistos aracnóides são nas regiões temporais e occipital, próximos ao cerebelo. Veja na figura abaixo um exemplo de cisto de aracnoide típico, próximo à seta branca.

arachoid cyst

Normalmente, os cistos aracnóides não dão nenhum sintoma, a não ser que sejam muito grandes e comprimam estruturas nobres do cérebro ( o que é mais raro de acontecer), ou se rompam por causa de algum traumatismo craniano no local (situação beeemmmmmm  mais rara). Ou seja, o cisto aracnóide é, na grande maioria dos casos, uma coisa muito tranquila e benigna.

Em geral, a grande maioria dos cistos de aracnóide são apenas achados simples de exames de imagem do cérebro. Não deve ser feito nenhum tratamento com neurocirurgia, salvo em casos de absoluta exceção.

 

** Dra. Maramélia Miranda é neurologista clínica, com com residência e pós-graduação pela UNIFESP-EPM, e especializada em AVC, Neurorradiologia e Doppler Transcraniano, e editora do blog iNeuro.com.br.

212 thoughts on “Cisto de aracnóide”

  1. Eu estou sentindo mora dor de cabeça ! A médica passou pamelor 10 mg ! Cefaliv se a dor apertar ! Se eu engravidar sem tirar o cisto ? E perigoso ? E os remédios que eu tomo? Vai fazer mal ?

  2. Gostei muito da matéria.
    É tranquilizadora mas ; como diz no início: ainda vou mostrar o exame para meu neuro.

  3. fui diagnosticada com um cisto aracnoide de 1,5 x 0,8 cm e também um cisto da glândula pineal de 1,2 x 0,9 cm sinto muita dor de cabeça não me alimento, não bebo água só choro por varias vezes já tentei suicídio por conta das dores sinto muito sono sou ansiosa por tudo fico nervosa as vezes só durmo meia hora por noite fico dentro do quarto vendo coisas não consigo sair de dentro de casa entre outras coisas me ajude o que eu tenho. sou mãe de 3 crianças tenho 31 anos e a 2 anos sofro com isso

  4. minha filha tem o cisto aracnoide apesar de ele ser assimtomatico ela sente dor de cabeça frequente sem aliviar com nem um remedio e a pressão dos olhos estão alterados, naqo sei mais o que fazer nesse caso precisa de cirurgia?

  5. engraçado falam que não é nada se não fosse nada não teria tenho um colega que trabalha no ministério público ele teve que fazer cirurgia por conta desse cisto não tinha mas uma vida normal tinha vertigem dores muito forte na cabeça foi p fora fez cirurgia hoje ele trabalha e tem uma vida normal não entendo quando falam que não é nada minha filha tem só vive dando convulsão por conta de eplepsia tbm e tem má formação do Cérbero tem dificuldades tem hora que são batendo e quebrando as coisa eu já fiz todos exames e o médico simplismente fala que não é nada me ajudem com uma resposta

  6. Tenho 33 anos descobri cm essa idade senti dores de cabeça fiz uma tumografia compotodarizada celebral. E descobri q tenho um cisto benigno na fossa temporal do lado esquerdo sem efeito espansivo medindo 43 mm. O meu medico me passo medicamento. Por dois meses nome edgé. Ñ nas dua primeira semana parou de doer parei de tomar o remedio se passou 4 meses voltou a doer

  7. Em 2011, descobri que tinha um cisto aracnóide, tinha sintomas de desequilíbrio, minha memória ficou afetada, procurei o médico e com a tomografia apareceu o cisto, dia a cirurgia e coloquei uma válvula , fiquei com ela até 2017,tive que tirar porque ela não estava funcionando mais , o médico não colocou outra, estou fazendo acompanhamento pra ver se eu não precise colocar uma nova válvula.

  8. Ta com 9 mês que sinto dores na cabeça,já fiz tomografia e uma ressonância sem contraste (pois sou alérgica) graças a DEUS não apareceu!(a minha dúvida é será que foi pq não usou contraste?mas fiz primeiro a tomografia e 2 mês mas o menos fiz a ressonância!será que poderia passar alguma coisa desapercebido?

  9. Tenho 27 anos e descobri o cisto com 4 anos. Sentia muita dor, acordava com vômitos e tive problemas na cordeação motora. Fiz tratamento com a neuropediatria e fiquei bem. Aos 16 o cisto estava do tamanho de uma laranja e eu tive que operar de novo. Além da dor muito forte, tive diplopia. Aos 19 já tinha voltado a metade, então eles optaram pela DVP. Coloquei. Aos 21 precisei trocar pq tive um probleminha com o mecanismo que fica atrás da orelha. Hoje, aguardo uma avaliação com o neurocirurgião, pq passei mal esses dias e fiquei internada por causa da dor, com o lado esquerdo(onde tem a válvula) do rosto com edema, e na ressonância aparece o que a neuro chamou de “reação” sem explicar muita coisa. Agora é esperar o neurocirurgião me dar uma boa notícia , e meu rosto deixar de ser tão assimétrico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *